Como o mundo virou gay? André Fischer

 

Localização na estante: G306.766/F529c
PISO 5 (Direita – Bloco 2)

Com um estilo descontraído e irreverente Como o Mundo virou gay? traz não só um histórico da ascensão gay no mundo, como também vários temas do universo gay desconhecidos por grande parte do público. Você sabia, por exemplo, que a Parada Gay de São Paulo é a maior do planeta?  E que a homossexualidade não é mais considerada doença ou desvio de conduta pela Organização Mundial da Saúde desde 1971? Se você desconhecia esses fatos, talvez não saiba tanto sobre o mundo gay quanto pense.

O autor André Fischer traça no livro um panorama do homossexualismo, que inclui fatos que vão desde a vida do indivíduo gay nos tempos da Grécia antiga, até histórias do cotidiano dos homossexuais da atualidade; desde a luta por seus direitos civis, até as prováveis raízes da homofobia e estereótipos comumente atribuídos aos gays. O livro conta ainda com um glossário de gírias e expressões do vocabulário gay e relatos de vivências do próprio autor.

Embora a temática do livro gire em torno da vida do homossexual, esse livro não é direcionado apenas ao público gay. Todos aqueles que desejam saber mais sobre a história gay, seus anseios e lutas por espaço na sociedade também encontrarão no livro novas chaves para conhecer mais sobre as possibilidades de relacionamento humano.

Saboreie alguns trechos:

“As bibas mais pintosas foram queimadas em fogueiras, enviadas a campos de concentração e presas durante séculos, como se fossem os bodes expiatórios de todo mal no mundo. Para os mais discretos, só restavam o casamento de fachada, sublimar ou virar religioso.” (p. 9)

“No entanto, o que conhecemos como movimento pelos direitos civis gays só começou em 28 de junho de 1969, com a chamada Revolta de Stonewall. Naquele dia, pela primeira vez, um monte de travestis que chorava a morte da diva Judy Garland em um bar do bairro nova-iorquino do Village resolveu protestar contra a violência gratuita de que eram vítimas por parte da polícia e também contra as leis absurdas que regulavam detalhes da vida privada, como aquelas que proibiam que uma pessoa usasse mais de uma peça de roupa do outro sexo ou que dois homens dançassem de rosto colado. Isso em plena Nova York, no auge do movimento hippie.

De lá pra cá, o mundo nunca mais foi o mesmo.” (p. 10)

Clique aqui para ouvir: Como o mundo virou gay

+ André Fischer

André Fischer formado em economia pela UFRJ, nasceu no Rio de Janeiro, é escritor, jornalista, empresário, radialista e apresentador. Foi eleito pela Revista O Globo como umdos 100  brasileiros geniais vivos.

É idealizador e co-diretor do Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo, um dos maiores festivais de cinema sobre Diversidade Sexual do Mundo e um dos mais importantes projetos de cinema do Brasil, reconhecido internacionalmente. É criador do portal Mix Brasil (www.mixbrasil.com.br) ,o maior portal de notícias e cultura GLBTT do Brasil,  composto por um grupo que tem a Sex Appeal, XXY, o Festival, a Rádio, e a Revista Júnior.

É autor e tradutor dos livros: Dicas de sexo para mulheres; Sozinho na cozinha; Como se livrar das saias justas, Almanaque de Banheiro e Como o mundo virou gay?