O Jantar da Lagartixa – Atenéia Feijó

ImagemO amigo, amante e jornalista Luiz Antônio morreu e levou consigo para o túmulo alguns segredos.  Sua morte abalou a fotógrafa Abigail. Ela está disposta a vingar a morte do amigo. Seguindo sua trilha na Amazônia ela tentará encontrar o culpado custe o que custar.

Saboreie alguns trechos:

“Aquele telefone fora o último contato com o amigo amoroso. Luiz Antônio era o diretor editorial da revista Galáxia. O que fora fazer na Amazônia? Dissera a ela que ia dar uma sumida para descansar, não lhe falara na Amazônia, por quê? Abigail intuía algo. Senti uma coisa inexplicável que a fazia desconfiar da morte de Luiz Antônio. Fechou a torneira de água quente e deixou apenas a água fria caindo do chuveiro. O impacto de mudança de temperatura fez-lhe bem.” (pág. 13).

“Abigail chegou de táxi na mansão, pois seu Palio ainda estava na oficina. O mordomo a conduziu até a pérola na beira da piscina, onde Eugênia já a esperava. A conversa rolou sem nariz-de-cerca” (pág. 116).

Clique para ouvir: O Jantar da Lagartixa

Anúncios