Alice no País das Maravilhas

livro_alice_pais_maravilhas

A história de “Alice no País das Maravilhas” completou 150 anos de publicação. O autor Lewis Carroll (pseudônimo de Charles Lutwidge Dogson) deixou uma obra que conquistou um lugar privilegiado no imaginário de várias gerações sendo a fantasia e o nonsense suas principais marcas. Alice, em particular, apesar de um século e meio de idade, continua uma menina. É um símbolo importante de nossos tempos, objeto de inúmeros estudos, adaptações literárias e versões para o cinema.

Carroll escreveu Alice durante uma viagem de barco pelo Tâmisa, entre Oxford e a aldeia de Godstow, em 1862. Faziam parte da comitiva o reverendo Robinson Duckworth e as três filhas do seu amigo Harry Liddell: Edith (8 anos), Alice (10 anos) e Lorina (13 anos). Para entreter as meninas durante a viagem, Carroll inventou um mundo de fantasia cheio de personagens excepcionais e nomeou sua protagonista de Alice. A menina Alice teria gostado tanto da história que pediu a Carroll que a colocasse no papel e, assim, surgiu o manuscrito de As Aventuras Subterrâneas de Alice.

A Biblioteca Comunitária possui algumas releituras e adaptações desse clássico que ainda encanta e intriga gerações, venha conferir…

Confira o trailer Alice noPaís das Maravilhas

Anúncios

Lewis Carroll

Lewis Carrol

Charles Lutwidge Dodgson,  mais conhecido como Lewis Carroll, nasceu em 27 de janeiro de 1832 em Daresbury, Inglaterra e morreu em Guildford, Inglaterra a 14 de janeiro de 1898. Seu nome está inscrito na história da literatura mundial por ser o autor de Alice no País das Maravilhas. Filho de um pastor anglicano, Lewis Carroll tinha dez irmãos e cresceu num ambiente onde aprendeu a contar histórias, cuidar e distrair crianças.

Por sugestão do escritor Henry Kingsley, o livro foi publicado em 1865 sem ser especificado se era para adultos ou crianças. Foi um sucesso fulminante. Em 1871, publicou a seqüência, que seria Alice no País do Espelho. Religioso, professor, pesquisador sério, Lewis Carroll escreveu vários livros, entre poemas, ensaios científicos, textos técnicos e de ficção juvenil.