O Príncipe e o Mendigo – Mark Twain

o2bprincipe2be2bo2bmendigo

 

O Príncipe e o Mendigo, de Mark Twain, narra as aventuras de dois meninos fisicamente idênticos, Eduardo, que era da realeza, e Tom, um menino pobre, de família de pedintes, que ao trocarem de lugar enfrentam realidades totalmente diferentes. Tom passou toda sua infância sofrendo maus tratos, sendo obrigado a pedir esmolas, seu pai um homem bruto, ladrão sem decência, tratava a família  de forma agressiva a base de brigas e violência.

Tom não tinha nada, passava fome e era constantemente humilhado, mas não perdeu a capacidade de sonhar, sonhava em ser um príncipe, e deste sonho fazia suas brincadeiras. Já Eduardo, o Príncipe de Gales, era herdeiro do trono, cheio de formalidades, educação esmerada, e vivia em meio ao luxo e fartura.

Um dia, um encontro inusitado ocorreu entre estes dois personagens, e o que era príncipe virou mendigo, e o que era mendigo virou príncipe.

Para Tom, que nunca teve nada, passou a viver um sonho, suas brincadeiras e a pouca educação que o padre de seu bairro lhe dera ajudou muito, mas o príncipe, que agora era um mendigo, sofreu horrores, mas encontrou uma amizade verdadeira.

A história é voltada ao público infantil e mescla, com qualidade, uma narrativa leve e juvenil, com uma crítica à exploração das classes pobres. Um livro excelente!