12 de Março – Dia do Bibliotecário

Bibliotecario           Data comemorada em todo território nacional,  sendo a data de nascimento do bibliotecário, escritor e poeta, Manuel Bastos Tigre. Bastos Tigre foi o primeiro bibliotecário concursado do Brasil e exerceu a profissão por 40 anos, trazendo significativa contribuição social e cultural para o Brasil, portanto, nada melhor do que a data de seu nascimento para celebrar o dia daqueles que compartilham o mesmo objetivo: transmitir informação e conhecimento a fim promover o desenvolvimento cultural e social do país.

 

 

Conheça um pouco sobre a Biblioteca Nacional do Brasil

Criada em 29 de outubro de 1810, a Biblioteca Nacional do Brasil é considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e a maior biblioteca da América Latina.

Para substituir a Livraria Real, cuja origem remontava às coleções de livros de D. João I e de seu filho D. Duarte, que foi consumida pelo incêndio devido a um terremoto que atingiu Lisboa, trouxeram para o Brasil um acervo composto de sessenta mil peças (entre livros, manuscritos, mapas, estampas, moedas, medalhas), e acomodaram-no numa das salas do Hospital do Convento da Ordem Terceira do Carmo.

As instalações, no entanto, foram consideradas inadequadas, e em 29 de outubro de 1810, (data que ficou atribuída à fundação oficial da Biblioteca Nacional), o príncipe regente editou um decreto que determinava que, a Real Biblioteca se estabelecesse e acomodasse no lugar que havia servido de catacumbas aos religiosos do Carmo, fazendo-se à custa da Fazenda Real toda a despesa tendente a organização e manutenção do estabelecimento.

Atualmente, o prédio da Biblioteca está localizado na Av. Rio Branco, 219, centro do Rio de Janeiro; e conta com 3 milhões de periódicos, 3,5 milhões de obras ligadas a acervos especiais, cerca de 840 mil manuscritos e obras raras, além de mais 1,7 milhões de obras ou documentos ligados a iconografia, cartografia e música.

12 de março: Dia do Bibliotecário

O Dia do Bibliotecário é comemorado no dia 12 de março, em homenagem ao nascimento do bibliotecário, escritor e poeta, Manuel Bastos Tigre.

Mas você sabe o que faz um bibliotecário?

biblio

O universo desse profissional não se restringe apenas aos livros, revistas e outros materiais das bibliotecas tradicionais.

Um bibliotecário pode atuar em centros de documentação ou informação, arquivos, centros culturais, centros de memória, museus, editoras, empresas de rádio, TV e Internet, órgãos governamentais, bancos de imagem, serviços de informação em geral, entre outros. Além de tratar e desenvolver recursos de informação, ele pode desenvolver e realizar ações educativas e de ação cultural (principalmente de acesso à leitura); trabalhar com organização e disponibilização de documentação histórica e conservação e restauração de obras raras; integrar e desenvolver estudos e pesquisas em diversas áreas; fazer parte dos processos das empresas na tomada de decisão e na certificação de qualidade; atuar como analista de conteúdo de Internet; administrar, desenvolver e manter bancos de dados, sistemas de informação, bibliotecas digitais e virtuais; organizar sites e portais corporativos.

A presença de um bibliotecário com as suas competências tem sido cada vez mais necessária nos dias atuais.

Parabéns a todos os Bibliotecários, (em especial aos da BCo), que vocês continuem estimulando a leitura e favorecendo a sociedade com mais conhecimentos.