Estranho Estrangeiro – Fernando Pessoa

brechonNenhuma vida, alerta Robert Bréchon, tem um só sentido que se imponha ao biógrafo. Assim como ocorre com uma obra, várias leituras diferentes podem ser feitas de uma vida, e nenhuma delas detém a verdade absoluta.

Para alguns críticos, a de Fernando Pessoa é a mais trágica de sempre; para outros, contém longas páginas de deslumbramento e felicidade.

Estranho Estrangeiro é uma biografia não apenas cronológica, mas também temática e crítica de uma figura de importância incalculável para a literatura de língua portuguesa.

Fonte: Editoras

Na BCo – UFSCar você encontra um grande acervo de livros do autor para retirada.

Publicado por Ronald Moura.

Anúncios

Mensagem – Fernando Pessoa

Localização na estante: G869.1 / P475m (PISO 2 Direita – Bloco 1)

Mensagem é o único livro em língua portuguesa que Fernando Pessoa chegou a ver publicado. Composto por 44 poemas, a obra executa lisonjeados elogios a Portugal e busca decifrar os destinos ocultos traçados em sua história.

A organização dos poemas subdivide-se em três partes. Na primeira parte, com o título Brasão, encontramos relatos que refletem as glórias portuguesas; na segunda parte com o título Mar Português, são encontrados poemas que relatam as grandes navegações e as conquistas marítimas; por fim, na terceira parte com o título O Encoberto, é relatado o misticismo que gira em torno de Dom Sebastião e a volta de Portugal às épocas de glórias.

Ao final do livro podemos prestigiar algumas notas interessantes sobre os poemas, bem como a data em que cada “mensagem” foi escrita. Vale a pena conferir tão grandiosa obra de Fernando Pessoa.

Confira um dos poemas:

MAR PORTUGUÊS

Ó mar salgado, quanto do teu sal

São lágrimas de Portugal!

Por te cruzarmos, quantas mães choraram,

Quantos filhos em vão rezaram!

Quantas noivas ficaram por casar

Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena

Se a alma não é pequena.

Quem quer passar alem do Bojador

Tem que passar além da dor.

Deus ao mar o perigo e o abismo deu,

Mas nele é que espelhou o céu. (p. 64)

 

Ouça aqui: Mensagem.

+ Fernando Pessoa

 Fernando Pessoa poeta e escritor português, nasceu em Lisboa em 1888, e é considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa e da literatura universal.

Aos seis anos de idade, Fernando Pessoa foi para a África do Sul, onde aprendeu perfeitamente o inglês, e das quatro obras que publicou em vida, três são em inglês. Durante sua vida, Fernando Pessoa trabalhou em vários lugares como correspondente de língua inglesa e francesa. Foi também empresário, editor, crítico literário, jornalista, comentador político, tradutor, inventor, astrólogo e publicitário, e ao mesmo tempo produzia suas obras em verso e prosa.

Fernando Pessoa faleceu em Lisboa, em 1935, com 47 anos anos de idade, vítima de uma cólica hepática causada por um cálculo biliar associado a cirrose hepática, um diagnóstico que hoje em dia é contestado por diversos médicos.