Divergente – Veronica Roth

divergente

A história se passa em Chicago, em um período pós-apocalíptico.  Toda sociedade foi dividida em cinco grupos de pessoas, denominados de facções. Cada uma dessas facções trabalham em um setor diferente da cidade, ajudando em sua manutenção, e dedicando-se, também, à  prevenir futuros conflitos e manter a ordem e a paz em Chicago. As facções são: Abnegação para os altruístas; Erudição para os Inteligentes; Audácia para os corajosos, Amizade para os bondosos, Franqueza para os honestos.

Todos os habitantes da cidade, quando completam seus dezesseis anos de idade são submetidos à um Teste de Aptidão, que irá descrever a facção para a qual ele deve ir,  e qual será a mais adequada de acordo com suas personalidades. Depois de receberem seus resultados, os habitantes devem decidir se irão permanecer em sua facção de origem ou irão transferir-se para uma nova facção.

A personagem Beatrice Prior, tem a difícil decisão de escolher entre ficar com sua família ou ser quem realmente é, pois não se pode escolher os dois. Surpreendendo todos, Beatrice decide se transferir de sua facção original, a Abnegação, para a facção dos corajosos, a Audácia.

Beatrice, que passa a se chamar “Tris” na  facção Audácia,  passa por um processo de iniciação super violento e competitivo. “Tris”, depois de todo esse processo, ainda tem que descobrir quem realmente são seus amigos. Dentro da facção, ela conhece um rapaz chamado Quatro/Tobias, que é seu instrutor, e por quem acaba se apaixonando. Quatro/Tobias é, ao mesmo tempo, um rapaz perturbador e cheio de segredos.

Beatrice, ou “Tris”, mal sabe o que esta por vir, ela descobre através de um teste, que é uma Divergente – apresenta aptidão para mais do que uma facção, nas quais são abnegação, audácia e erudição. Isso a torna uma ameaça, pois aqueles que não se encaixam em apenas uma facção não podem ser manipulados ou persuadidos, ameaçando assim o sistema estabelecido. Portanto, todas as pessoas que apresentam divergência devem ser exterminados.

Uma história que vai te levar para outro mundo, e te fazer refletir sobre a questão de uma sociedade segregada que a escritora traz, e que, na verdade, sempre tivemos no mundo inteiro, desde os nossos antepassados. Vale  a pena ler! Divergente, o primeiro livro da trilogia escrita por Veronica Roth.

 

Anúncios