O Jogo do Exterminador – Orson Scott Card

O Jogo do Exterminador -Enders Game FC C691ze

Localização na estante: FC C691ze v.1 – PISO 5 (Esquerda – Sala de Coleções Especiais)

O Jogo do Exterminador, ou Ender’s Game no original, conta uma história sobre a Terra do futuro, no distante ano 2164, em que a humanidade se encontra à beira da extinção após duas guerras contra uma raça alienígena insectóide.

Para se preparar contra uma possível terceira invasão, a Escola de Combate Espacial recruta crianças talentosas para que quando cresçam se tornem comandantes de futuras esquadras. Nessa escola, as crianças aprendem a arte da guerra por meio de jogos que ficam cada vez mais difíceis, e simulações com gravidade zero na Sala de Combate. Dentre essas crianças Ender se destaca por sua genialidade tática: viria ele a se tornar a maior arma e defesa da Terra?

Escrito em 1985 por Orson Scott Card, o livro teve origem a partir de um conto escrito pelo autor em 1977. Vencedor dos prêmios Hugo em 1985 e Nebula 1986 na categoria de melhor romance. É o primeiro de uma série de livros, sua sequência Orador dos Mortos (também disponível no piso 5 da BCo) também recebeu os prêmios Nebula em 1986 e Hugo em 1987.

Curiosidades:

O livro é recomendado como leitura por algumas organizações militares dos Estados Unidos por “usar alegorias úteis para explicar por que os militares fazem o que fazem” além de oferecer “lições na metodologia de treinamento, liderança além de ética”

A história recebeu uma adaptação para o cinema e conta com a participação de Harrison Ford e Ben Kingsley. O filme estreou aqui no Brasil em dezembro de 2013.

Anúncios

Cosmos – Carl Sagan

Cosmos Capa

Localização na estante – FC G732b v.8 (Piso 5 – Esquerda – Sala de Coleções Especiais)

Cosmos, de 1980, talvez seja o livro mais popular escrito por Carl Sagan, o livro é ilustrado e dividido em 13 capítulos que abordam a evolução da ciência e da civilização, partindo das origens do conhecimento e do método científico misturando filosofia e ciência, até chegar à visão de Sagan de como seria o futuro.

Carl Sagan queria uma chance de poder explicar idéias científicas a um publico leigo que estivesse interessado em aprender, por isso, o livro usa uma linguagem simples e tom de conversa para explicar suas ideias. Na época o livro foi produzido juntamente com uma série de mesmo nome para a TV, para que ambos se completassem. Em 1981, Cosmos recebeu um Prêmio Hugo de Melhor Obra de Não-Ficção.

Curiosidade:

Uma nova adaptação de Cosmos para a TV estreou ainda este ano, com o título Cosmos: Uma Odisséia do Espaço-Tempo, e conta com a apresentação do astrofísico Neil DeGrasse Tyson, essa nova adaptação traz informações atualizadas dos temas que foram abordados por Sagan nos anos 80.

Simulacron-3 – Daniel F. Galouye

Simulacron-3

Localização na estante: FC C691gLs – Piso 5 (Esquerda – Sala de Coleções Especiais)

Em um mundo futurista que se orientava por meio de pesquisas de opiniões públicas, tornou-se um problema quando as respostas demoravam muito para sair, e não apresentavam muita estabilidade e precisão que a sociedade avançada precisava para funcionar. Para reduzir a necessidade dessas pesquisas, três cientistas, Lynch, Fuller e Hall criam uma cidade virtual em que cada habitante teria sua própria consciência, simulando reações humanas como resultado.

O problema começa quando o cientista-chefe Fuller morre misteriosamente, Lynch desaparece, e Hall é acusado de ter cometido os dois crimes. Enquanto tenta provar sua inocência, uma dúvida cruel surge na cabeça de Hall, seria o seu próprio mundo, um mundo virtual?

Escrito em 1964 por Daniel F. Galouye, o livro recebeu adaptações para o cinema em 1973 na Alemanha, e em 1999 nos Estados unidos, com o título O 13º Andar. O livro também serviu em alguma medida como inspiração para o filme Matrix, também de 1999.

+ Daniel F. Galouye

Daniel F. Galouye Daniel Francis Galouye, escritor americano de ficção científica, nasceu em 11 de Fevereiro de 1920 em Nova Orleans. Graduou-se na Universidade de Louisiana, e trabalhou como repórter em alguns jornais, foi instrutor da Marinha e piloto de testes durante a Segunda Guerra Mundial, o que lhe rendeu ferimentos que viriam a trazer complicações em sua saúde posteriormente.

Começou a escrever contos para revistas de ficção científica nos anos 50, algumas vezes sob o pseudônimo de Louis. G. Daniels. No período de 1961 a 1973 escreveu cinco livros, o primeiro, chamado Dark Universe (1961) chegou a ser nomeado para um Prêmio Hugo. Em 1976 aos 56 anos de idade, faleceu em razão de sua saúde bastante debilitada. Em 2007, Galouye recebeu um prêmio póstumo do Cordwainer Smith Rediscovery Award, destinado a escritores já falecidos, cuja obra deveria ser redescoberta hoje em dia.

Você gosta de ler ficção científica?

estante ficção científica

Estante com livros de ficção científica

Você sabia que o DeCORE – Departamento de Coleções de Obras Raras e Especiais conta com um acervo especial dedicado a esse gênero?

Com mais de três mil livros de ficção científica disponíveis, você tem a chance de ler várias obras famosas escritas pelos grandes nomes do gênero, como Philip K. Dick, Isaac Asimov, Carl Sagan, Júlio Verne e muitos outros. Fãs da ficção científica estão obrigados a fazer uma visita ao acervo no Piso 5, mas lembre-se de que o horário de atendimento do DeCORE é de segunda a sexta das 8:00 às 18:00.

Nas próximas postagens, recomendaremos algumas obras e autores, fique ligado!